Educação em foco: Congresso traz especialistas para discussão em tendências e inovação

Temas como educação e pesquisa colaborativa, curadoria e uso da tecnologia serão pautas do 2º Congresso Brasileiro de Tendências e Inovação na Educação, que ocorre no dia 14 de abril, em São Paulo. O Lion Eventos será palco da discussão do futuro da educação e de práticas inovadoras por meio de palestras, debates e atividades. Realizado pelo IBFE (Instituto Brasileiro de Formação de Educadores), o encontro é dedicado aos educadores, gestores educacionais, docentes e estudantes universitários de cursos de graduação e pós-graduação em educação, que poderão acompanhar a exposição de especialistas renomados durante todo o dia, das 8h às 18h.

Pela manhã, o coordenador da pós-graduação em neurociência aplicada à educação do IBFE, João Rilton, trará “A Neurociência da emoção: Comunicação e conflito na sala de aula”, que evidencia que a postura corporal, a entonação e o ritmo de voz, os gestos físicos e o conteúdo expresso nas frases verbais são interpretados e julgados de forma padronizada pelo cérebro do aluno e do professor.

Carolina Defilippi, especialista em educação para nativos digitais do IBFE, abordará, na sequência, o tema “Motivando Nativos Digitais”, que discutirá estratégias para que educadores proporcionem mais atividades com satisfação intrínseca à própria atividade, tendo menos necessidade de dar compensações extrínsecas no processo de ensino-aprendizagem.

“Ensino Híbrido” será a discussão do presidente do IBFE, Marcelo Veras, que irá falar sobre como a educação atual e futura precisa contemplar um uso inteligente e eficaz da tecnologia no processo de aprendizagem.

A última palestra da manhã será “Educação e Pesquisa Colaborativa”, abordada por Jorge da Cunha, professor, pesquisador e membro do Comitê História, Região e Fronteira da Associação das Universidades do Grupo Montevidéu, que discutirá como a educação somente é efetiva quando relaciona os conteúdos e conhecimentos disciplinares com as práticas existenciais e sociais dos sujeitos envolvidos.

A tarde ainda reserva outros momentos: atividades e debates específicos serão divididos entre três espaços para que os participantes se aprofundem nos temas de seu interesse.

O Espaço 1 irá apresentar como tema a Mentoria Educacional, onde a educação socioemocional, educação de pais, educação inclusiva, metodologias ativas e arte e educação, serão abordadas por coordenadores que estarão à disposição para responder perguntas e apresentar estratégias.

No Espaço 2, que será o Laboratório de Neurociência Comportamental, o professor Alexandre Rezende apresentará a neurobiologia das emoções e explicará como aplicá-las na prática docente, profissional e pessoal.

Já o Espaço 3, Criatividade em sala de aula, contará com a coordenação de Tadeu Brettas, que demonstrará métodos e ferramentas para despertar o espírito criativo dos alunos por meio de dinâmicas motivadoras da produção de ideias.

A palestra final ficará por conta de Mario Sergio Cortella, com a palestra “A Era da curadoria: O que importa é saber o que importa!”, que abordará a formação continuada para a prática da curadoria, que, segundo ele, torna-se fundamental nesta nova era, em diversas áreas como escolas, empresas ou meios de comunicação, como forma de empoderamento do indivíduo.

Saiba mais sobre a programação em www.ibfeduca.com.br/congresso. A inscrição tem valor promocional de R$ 160,00 até 12 de abril de 2018.

Sem comentários

Postar um comentário