De professor a empreendedor de tecnologia: conheça a história de Wilson Fernandes, criador da Studos

Com mais de 700 mil usuários, a Studos está no ranking de primeiros colocados no vestibular da UFSC

O professor Wilson Fernandes, que atua na área há 28 anos, nunca se imaginou um empreendedor, porém, ele resolveu se aventurar criando uma plataforma para facilitar a rotina de alunos e professores ao vivenciar as dificuldades no ensino. Ao lado de Leonardo Prates, ex-aluno e, atualmente CEO, ele criou a Studos, um aplicativo que tem diversas questões para a preparação de estudantes para o vestibular.

A princípio, a ideia era ter um site voltado apenas para a disciplina de Biologia. Com o tempo, dezenas de vestibulares e disciplinas do ensino médio foram inseridas e o site, que se chamava BioStudos, em 2013, passou a se chamar Studos. Atualmente, no ranking dos últimos vestibulares da UFSC, entre os 10 primeiros colocados, 5 eram usuários da Studos.

Hoje, o aplicativo conta com mais de 700 mil usuários e mais de 15 milhões de questões resolvidas. Neste momento, Fernandes e Prates estão focados na finalização da nova versão do aplicativo, que será lançado em agosto, com nova interface e recursos pedagógicos. Conheça a história deste aplicativo revolucionário.

Como surgiu necessidade de criar a Studos?

Em 1997, fui convidado por um amigo para lecionar a disciplina de Biologia no Pré-vestibular do Curso e Colégio Geração, em Florianópolis. Nessa época, indiscutivelmente, o Curso Geração era um dos maiores e mais populares cursinhos de Santa Catarina e, foi aí que tudo começou! A experiência que fui ganhando em sala de aula e o contato com a realidade das escolas foi o ponto de partida para a criação da Studos.

Há quanto tempo você vem desenvolvendo o aplicativo e há quanto tempo ele está no mercado?

O site BioStudos foi lançado em 2006, mas só em abril de 2014 lançamos a Studos nas webstores. Nesse período, de 2014 e 2015, a Studos só atendia o segmento de Vestibular e ENEM, mas em 2016 começamos a entrar nos mercados de Concursos Públicos e Pré-Militar, cada um com seu aplicativo específico. Já em 2017, entramos em outro mercado, o da OAB, porém o aplicativo Studos OAB só foi lançado em março de 2018.

Qual foi o maior desafio ao criar este app?

O momento mais desafiador foi sair da sala de aula, depois de 23 anos lecionando para me dedicar 100% à Studos. Deixar a minha “zona de conforto” e encarar a realidade de ser empreendedor no Brasil, com um projeto inovador e focado na educação e tecnologia, para mim, foi o maior desafio que tive que vencer.

Qual é o grande impacto que a Studos trouxe para a educação em SC?

Para os alunos do Ensino Médio, a Studos tem contribuído para a melhora do desempenho escolar. No ano passado, o primeiro colocado geral da UFSC, Matheus Cercal Lazzaris, resolveu mais de 7.500 questões dos diferentes vestibulares do Brasil e, utilizando as estatísticas fornecidas pelo aplicativo para analisar seus pontos fortes e fracos, ele soube quais matérias e assuntos precisava evoluir. Para os professores, nós estamos conseguindo diminuir,  consideravelmente,  a carga de trabalho e, consequentemente, o estresse. Relatos de professores afirmam que atividades que consumiam mais de 2 horas para serem elaboradas, com a plataforma Studos, as mesmas atividades são preparadas em 20 minutos.

Qual é o diferencial do seu aplicativo?

Entre os diferenciais da Studos, destaco a personalização do aplicativo com a identidade visual das escolas parceiras e muitas soluções pedagógicas que poderão ser preparadas e disponibilizadas aos alunos sem limitações, como: elaboração de tarefas, provas e simulados. Outro diferencial é a possibilidade das notas avaliativas serem integradas ao sistema acadêmico da escola, funcionalidade que reduz muito o tempo de trabalho dos professores e coordenadores. Além disso, a plataforma tem uma leitora de gabaritos que corrige automaticamente e, em poucos minutos, as provas impressas em Word.

 

1Comentário
  • Sean Marta Connery
    Postado às 21:35h, 15 junho Responder

    Parabéns pela excelente matéria! 👍🏻🔝

Postar um comentário