Descomplicando o Jogo de Empresa

O jogo de empresa, também chamado de simulação gerencial ou jogos de negócios, é uma metodologia pedagógica que tem principal objetivo auxiliar na capacitação gerencial dos participantes, desenvolvendo suas competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) ligadas à área de gestão.

Na simulação gerencial, os participantes são divididos em equipes e assumem a gestão das empresas. Nelas, desempenham funções de diversas áreas, como comercial, marketing, operacional, recursos humanos e financeira. As equipes tomam decisões periódicas com base em relatórios empresariais e em um jornal editado de acordo com o cenário montado pelo coordenador da simulação. Cada rodada equivale a um trimestre de gestão do negócio. As decisões são então processadas pelo simulador, gerando novos relatórios e iniciando um novo processo de tomada de decisões.

A metodologia é aplicada visando o alinhamento dos conceitos teóricos com a aplicação prática, de forma que se trabalhe a visão sistêmica das empresas, o processo de tomada de decisão, interpretação de relatórios econômico-financeiros e vários outros aspectos que beneficiam o processo de aprendizagem. Dentre as vantagens da utilização de simuladores gerenciais, se destacam:

  • Estimular o pensamento sistêmico;
  • Treinar o processo decisório;
  • Estimular a motivação à teoria administrativa;
  • Fornecer conhecimentos administrativos básicos;
  • Fornecer conhecimentos específicos;
  • Treinas lideranças;
  • Estimular habilidades de trabalho em equipe;
  • Controlar o desempenho dos participantes.

Primordialmente, os participantes tomavam as decisões de forma manual e o processamento era feito em mainframes (computadores de grande porte). Com a chegada dos computadores pessoais foi possível migrar para o uso de disquetes, seguidos de CDs e depois DVDs. Hoje, os simuladores gerenciais são totalmente acessados pela internet, simplificando o processamento e otimizando o tempo de resposta entre os envolvidos.

A principal procura pelos jogos de empresas é do meio universitário, justamente como ferramenta de auxílio entre teoria e prática e incentivo a metodologias ativas, baseadas no PBL (Problem-Based Learning). As instituições de ensino aplicam em disciplinas obrigatórias, eletivas ou optativas, além de projetos integradores e semanas acadêmicas. Entretanto, o uso no meio corporativo também tem se desenvolvido, por meio das Universidades Corporativas, processos seletivos e treinamentos específicos.

Bernard Simulação Gerencial

Bernard Simulação Gerencial

Há 25 anos atuando no desenvolvimento de sistemas de simulação gerencial, a Bernard é referência na área de jogos de empresas e possui uma moderna linha de simuladores voltados à capacitação gerencial.

Mais posts - Website

Sem comentários

Postar um comentário